Liturgia Dominical

Folheto semanal e reflexões

Homilia III Domingo da Páscoa

OS DOIS DISCIPULOS DE EMAÚS (Padre Geraldo Finatto) Desanimados, os dois discípulos retornam à sua aldeia, Emaús. “Nós esperávamos e…” É sempre trágico falar de nossa esperança no passado. “Esperávamos que fosse ele que…, mas afinal já é o terceiro dia e…agora não temos mais esperança.” Essa falta de esperança, nós a encontramos em todos os lugares. Na vida da Igreja. Na sociedadE. Em nossas próprias vidas. Às vezes temos que lidar com situações que parecem não ter saídas: Desilusão, morte, doença incurável, o fim de uma grande amizade, drogas, álcool, jogo. E como os discípulos de Emaús, vamos para casa, de cabeça baixa, nossos olhos a mostrar falta de esperança. Estamos todos, na estrada para Emaús: Então encontramo-nos no… Read more >

Homilia do 2º Domingo da Páscoa

Homilia do 2º Domingo de Páscoa – 19/04/2020 (Padre Geraldo Finatto, Pároco) Jesus disse-lhes de novo: «A paz esteja convosco. Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós» (Jo 20, 19-31) Pelo fato de estarmos em confinamento a mais de um mês, certamente faz-nos ouvir os textos deste 2º domingo de Páscoa de uma maneira diferente. Isto mostra-nos que os textos bíblicos falam-nos de acordo com o tempo em que os ouvimos e o contexto em que os lemos. A palavra de Deus é viva. A leitura dos Actos dos Apóstolos fala da primeira comunidade cristã: Eles tinham tudo em comum, vendiam seus bens e posses e partilhavam os lucros entre todos de acordo com as… Read more >

Misericórdia

1º – O  Clamor  pela MISERICÓRDIA 1–  O Século XX, passado … foi um século terrível. E o séc. XXI começou com o ataque 11 de Setembro(World-TradeCenter – NY) não autoriza a sonhar num séc. melhor. No séc. XX tivemos dois sistemas totalitários brutais (comunismo e nazismo) e duas guerras mundiais com dezenas de milhões de mortos. Tivemos: matanças étnicas de massa, terrorismos, crianças e mulheres violentadas … catástrofes naturais (terramotos, tsunami, inundações e secas…) SINAIS  DOS TEMPOS ? Ver o artigo completo, formando impressão: Misericordia cap 1

Tempo de pandemia – Tempo de PARTILHA

Neste tempo de pandemia muitas famílias necessitam de ajuda alimentar. Por isso a Paróquia de Amora convida a partilhar. Todo o tipo de géneros alimentícios não perecíveis: açúcar, massa, arroz, leite, etc. Entregue a sua dádiva no Cartório Paroquial Igreja João B. Scalabrini, rua do Minho (Tel. 21 224 0070) Segunda – Quarta – Quinta – Sexta das 15h às 18h Padre Geraldo Finatto, Pároco

Homilia 2ª Feira 13 Abril

Trabalhar a Bíblia

O Evangelho desta Segunda-Feira depois da Páscoa – Mateus 28,8-15 – é fruto da tradição que as testemunhas do evento da Ressurreição nos transmitiram. Há dois momentos: Primeiro: as mulheres foram as primeiras a andar, melhor, a correr a divulgar o facto de ter encontrado o sepulcro vazio e a anunciar a ressurreição de Jesus. Às mulheres que de joelhos se prostraram aos pés do Senhor, Jesus ordena de não tocá-lo, confia a missão do anúncio e de convite para os discípulos, que chama de “meus irmãos”, para irem ao Norte, à Galileia, preanunciando que, o anúncio de Cristo Ressuscitado não é tanto só para a cidade de Jerusalém mas para o mundo inteiro. No gesto das mulheres há a… Read more >

Rezar em família em tempo de pandemia

Em tempo de Pandemia, deixamos 2 sugestões para rezar em família: “Na esperança que sustenta a Casa” ( Pe. Carlos Aquino) e “Tríduo Pascal em Família” (Pe. Ricardo Figueiredo) “Na esperança que sustenta a casa” Subsídio preparado pelo Pe. Carlos Aquino em colaboração com Secretariado Nacional de Liturgia Fátima, abril de 2020   “Tríduo Pascal em Família” Autor: Pe. Ricardo Figueiredo  

Homilia do 5º Domingo de Quaresma

Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido Esta é uma palavra que soa como uma censura. É muito semelhante a outras encontradas na Bíblia, especialmente em alguns salmos; Deus é repreendido por seu silêncio e ausência. Culpar Deus não parece estar correto. Neste caso, esquecemos que nosso Deus é aquele a quem podemos dizer tudo, até mesmo palavras de censura e incompreensões. Vivemos num mundo que sofre por causa do coronavírus e dos medos que vêm com ele. E perguntamo-nos: “Onde está nosso Deus? O que ele está a fazer” Este grito de revolta já é uma oração. Nosso Deus é alguém a quem podemos confiar nosso sofrimento. Ele não é um Deus distante e ausente e… Read more >

Jesus cura o cego de nascença

Caros amigos e amigas, hoje repete-se o acto criador. A saliva de Deus, úmida e quente… viva, mistura-se com o barro informe, cego. Deus modela a sua obra. O Deus oleiro tem uma visão para dar ao nosso olhar… Interpelações d Palavra: “Jesus encontrou um cego de nascença                                          O olhar é uma questão de direcção e de intensidade. O de Jesus descortina, por debaixo da figura do pobre cego, um homem pronto a nascer. Deus vê misericordiosamente além da superfície, olha com o coração para ver o coração. Não é o homem que procura e vê Deus; é Deus que nos contempla amorosamente, desejando que O possamos ver. Quando encontra as trevas, o Mestre inicia uma liturgia de vida e… Read more >

DOMINGO IV DA QUARESMA – A

21 de Março, Sábado 18:30 Terço; 19h Santa Missa 22 de Março, Domingo 10h Santa Missa; – 15h Hora da Misericórdia com o Padre Leo Leitura do Primeiro Livro de Samuel  (1Sam 16, 1b.6-7.10-13a) Naqueles dias, o Senhor disse a Samuel: «Enche a âmbula de óleo e parte. Vou enviar-te a Jessé de Belém, pois escolhi um rei entre os seus filhos». Quando chegou, Samuel viu Eliab e pensou consigo: «Certamente é este o ungido do Senhor».  Mas o Senhor disse a Samuel: «Não te impressiones com o seu belo aspecto, nem com a sua elevada estatura, pois não foi esse que Eu escolhi.    Deus não vê como o homem: o homem olha às aparências, o Senhor vê o… Read more >